21 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Polícia Civil intensifica ações contra a corrupção

Por Flávio Vieira Júnior

Em 2023 até o primeiro quadrimestre deste ano já foram recuperados R$ 8.985.647,15

Operações da Polícia Civil de Santa Catarina contra a corrupção estão chamando a atenção dos catarinenses. Isso se deve a prisão de um prefeito, vereadores, servidores e empresários. Da mesma forma, pela recuperação de recursos públicos desviados. Estas ações são realizadas pelas delegacias especializadas no combate à corrupção (DECOR’s). Desde 2023 as operações foram intensificadas e os números mostram a efetividade destas delegacias.

Apenas em 2023 o número de ações teve um incremento de 212,5% em comparação ao ano anterior. O número passou de 3 para 23 operações. O trabalho continuou sendo intensificado, pois apenas no primeiro quadrimestre deste ano já foram realizadas 13 ações. Todo esse trabalho resultou na apreensão de valores na ordem de R$ 6.650.585,53 em 2023. Se compararmos a 2022, quando foram recuperados R$ 230.737,60, representa um aumento de 2.782,3%. Nos primeiros meses deste ano não foi diferente, foi registrada a apreensão de R$ 2.335.061,62, ou seja, um acréscimo de 1.017,7%.

 

Segundo o responsável pela Coordenadoria Estadual de Combate à Corrupção (CECOR), Delegado Gustavo Muniz Siqueira, desde 2023 quando teve o início da gestão do delegado geral, Ulisses Gabriel, as delegacias especializadas no combate à corrupção (DECOR’s) tiveram tratamento prioritário, com o aumento de efetivo e de equipamentos, além do suporte institucional. “Esses incrementos refletem diretamente na produtividade das unidades, principalmente pelo material humano capacitado por meio de vários cursos oferecidos pela Academia de Polícia Civil com vagas destinadas à CECOR”, explicou. O delegado comentou que o aumento da atuação das DECORs gera tranquilidade na população no momento de realizar denúncias. “Não se trata necessariamente de aumento de casos de corrupção, mas sim da confiança da comunidade e no aumento de denúncias”, completou Siqueira.

Imagem: Polícia Civil SC

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial