23 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Polícia Civil investiga o suposto “golpe da marmita” em Blumenau; entenda

A Policia Civil de Santa Catarina (PCSC) está investigando publicações da usuária Duda Polezapor, que supostamente estaria aplicando um golpe, onde é feito o pedido de doações via Pix, pela internet, para apoiar um projeto social de distribuição de marmitas para pessoas em situação de rua.

A ação investiga a legalidade do projeto, após receber várias denúncias formais e informações, levantando suspeita de estelionato. De acordo com a polícia, foram registrados cerca de 10 boletins de ocorrência, além de denúncias feitas pela internet, que estão sendo apuradas pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Blumenau.

O delegado responsável pelo caso, Felipe Orsi, afirmou que as investigações ainda são preliminares e as supostas provas do golpe ainda estão sendo analisadas e recolhidas. A Polícia Civil ainda não tem um levantamento completo dos valores que foram enviados para a Duda, e a jovem ainda não foi ouvida.

“Estamos apurando junto com a equipe de investigação para verificar todos os detalhes. Mais informações não podemos passar agora no intuito de não prejudicar eventuais medidas que serão tomadas”, disse o delegado.

MPSC acompanha as investigações

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) recebeu duas representações sobre a suspeita de golpe envolvendo o projeto social e se apropriando das doações.

O caso chegou até o MPSC na tarde de quarta-feira (28), por meio da Ouvidoria do MPSC, para a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Blumenau. As informações e documentos já foram encaminhados à PCSC para sejam incluídos no Inquérito Policial que apura o suposto golpe.

Entenda o caso

A história repercutiu no início desta semana, após usuários do Twitter desconfiarem de publicações da jovem Duda Poleza. Segundo alguns usuários da rede, algumas informações inconsistentes dela e de uma suposta colega de projeto, chamada “Taynara”, motivou as suspeitas de estelionato.

Duda Poleza falou sobre a situação nas suas redes sociais, e afirmou que está em viajem ao Paraguai, por isso não consegue postar os comprovantes de doações.

Procurada pela reportagem, a jovem não respondeu nenhuma das tentativas de contato, e o espaço permanece aberto para declarações.

Veja na reportagem de Ronaldo Penido para o Band Cidade:

Foto: Pixabey/Reprodução