13 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Polícia deflagra megaoperação para estancar Jogo do Bicho na Grande Florianópolis

Grupo já havia sido indiciado e denunciado anteriormente,
mas se reestruturou e continuou operando com o jogo

Chamada de “Zoológico 2”, a operação deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina na manhã desta terça-feira (11) mira desmanchar as operações de bicheiros que operam na Grande Florianópolis. Cerca de 100 policiais civis atuam no cumprimento de 34 mandados de busca e apreensão em Governador Celso Ramos, Palhoça, São José e Florianópolis. Há também mandados para o sequestro de 17 empresas, 32 imóveis e 38 veículos, além de ativos financeiros da organização.

O caso é comandado pela Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro, que apura a ocultação do dinheiro e dos bens adquiridos com o enriquecimento pela organização do bicho. Segundo a polícia, a maioria dos investigados já havia sido indiciada e denunciada, ainda na primeira fase da investigação, denominada “Operação Zoológica”. Desde então, o grupo se reestruturou para continuar operando.

O sistema de lavagem de dinheiro utilizado pelos bicheiros conta com a participação de empresas que mesclam dinheiro limpo e sujo, duas centrais de mototaxis e motoboys, um restaurante e esquemas de importação de vinhos. Além do disfarce na distribuição de lucros das empresas, o grupo chegou a simular um divórcio entre membros para garantir blindagem patrimonial. A operação desta terça (11) visa buscar elementos de prova, além de sufocar financeiramente a organização dos bicheiros, por meio da apreensão e da indisponibilização de valores e bens.

 

Foto: PCSC / Divulgação