23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Segurança

Prefeitura de Florianópolis interdita casas construídas na Via-Expressa Sul

Moradias estão em terreno da União, mas não há apoio de órgãos federais de atenção aos indígenas, afirma o Município

A Secretaria de Segurança e Ordem Pública de Florianópolis realizou, nessa quinta-feira (1º), uma operação para interditar casas e barracos que estão sendo construídas ao lado do Terminal do Saco dos Limões, às margens da Via-Expressa Sul. A ação ocorre após a Prefeitura identificar novas obras sem qualquer licença ou autorização no local.

Segundo a Prefeitura, o receio é que as casas tornem-se novas moradias irregulares, sem qualquer infraestrutura de esgoto, água ou energia. Ainda de acordo com a administração municipal, as casas estão sendo levantadas por indígenas vindos de outros estados, e já foi oferecido, através da Justiça, a construção de uma casa de passagem para esta população, mas os locais oferecidos teriam sido negados pelas lideranças.

O prefeito Topázio Neto afirma que os órgãos federais estão ignorando a questão indígena no local, que pode se tornar irreversível. “Estamos alertando há meses para a situação no local. Há crianças sem cuidados médicos, inclusive pedindo esmola nas sinaleiras. Para piorar a situação, o movimento está construindo barracos em uma área federal que a justiça impede o município de atuar”.

 

“Não é apenas uma invasão ilegal, agora estamos falando de construção sem qualquer profissional técnico que garanta a segurança das pessoas. Estamos reiteradamente comunicando a justiça federal que estão ignorando as leis no local”, conclui o prefeito.

 

Foto: PMF/Divulgação