29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Prefeitura do Sul de SC é investigada pela suposta compra de imóveis superfaturados

Operação Terra Nostra cumpriu 19 mandados e o bloqueio de valores

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou nesta quinta-feira (21) uma operação para apurar o suposto superfaturamento na compra de imíveis pelo Município de Urussanga, no Sul de Santa Catarina. A Operação Terra Nostra, da 2° Delegacia de Combate à Corrupção, cumpriu 19 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de R$ 1,35 milhão para garantir eventual ressarcimento aos cofres públicos.

Segundo o inquérito, um terreno teria sido adquirido pela Prefeitura em 2023 para a construção do Parque Industrial III. Entretanto, o município possui na mesma localidade os Parques Industriais I e II, sendo que o primeiro ainda possui lotes disponíveis para cessão de uso desde 2019, enquanto o segundo nem sequer teve as obras concluídas. A Polícia suspeita que o terreno tenha sido comprado pela Prefeitura de Urussanga pelo dobro do real valor.

No decorrer das investigações, foi descoberta uma nova aquisição de um galpão, sob a justificativa da criação de nova garagem municipal. Contudo, a investigação apurou que o imóvel havia sido leiloado em 2021 pelo valor de R$ 55 mil, estando avaliado na mesma época no valor de R$ 45 mil. Entretanto, no início de 2024, o imóvel foi comprado pela Prefeitura pelo valor de R$ 650 mil.

 

As investigações apuram, ainda, eventual falsidade ideológica relacionado ao laudo de avaliação formulado pela comissão de avaliação constituída pelo chefe do executivo que, em síntese, viabilizou a aquisição destes dois imóveis, assim como apura a eventual participação de outras pessoas.

A operação policial contou com, aproximadamente, 70 policiais civis, bem como equipes da Polícia Científica e integrantes da comissão de prerrogativas da OAB.

 

Foto: Polícia Civil

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial