23 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Segurança

Procon convocará produtoras para certificar garantia de água gratuita em shows na Capital

Iniciativa da Secretaria Nacional do Consumidor ocorre após jovem de 23 anos morrer em show de Taylor Swift no Rio de Janeiro na sexta-feira (17)

A Prefeitura de Florianópolis, por meio do Procon Municipal, convocará produtoras de eventos que atuam na Capital para garantir que a nova portaria da Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon/MJSP) seja cumprida no município. A medida estabelece estratégias destinadas à proteção da saúde dos consumidores em grandes eventos, durante períodos de altas temperaturas.

A iniciativa ocorre após a morte de uma jovem de 23 anos, durante o show da cantora Taylor Swift, na última sexta-feira (17), na cidade do Rio de Janeiro. “Não podemos permitir que jovens percam suas vidas por conta do descaso de produtoras de shows. O calor é algo preocupante e precisamos garantir que algo deste nível não volte a acontecer” afirma o diretor do Procon Municipal de Florianópolis, Alexandre Farias Luz.

De acordo com o Secretário de Governo, Fábio Botelho, como uma capital do turismo que está recebendo grandes shows e eventos, é necessário estar preparado para situações como esta e garantir a segurança dos consumidores.

 

“Sentimos muito pela perda desta família, uma jovem que estava realizando o seu sonho deveria ter recebido um maior suporte, assim como os outros fãs da cantora. Por conta desta falha, o órgão de defesa do consumidor se reunirá com as responsáveis pelas produções de eventos para que essa portaria tão importante seja cumprida.” finaliza o secretário.

Ações previstas

Após a publicação da portaria, fica estabelecido que as empresas responsáveis pela produção de eventos deverão garantir o acesso gratuito de garrafas de água de uso pessoal, para consumo no evento, disponibilizar bebedouros ou realizar a distribuição de embalagens com água adequada para consumo, mediante a instalação de “ilhas de hidratação” de fácil acesso a todos e sem custos adicionais ao consumidor.

As produtoras também deverão garantir a estrutura necessária para o resgate dos participantes. A portaria ainda estabelece que cabe aos órgãos de defesa dos direitos do consumidor realizar o acompanhamento dos preços da água mineral comercializada, a fim de coibir aumento abusivo de preços e ônus excessivo aos participantes.

Além disso, fica determinado que a empresa produtora do evento será notificada pela Senacon, a fim de evitar danos de difícil ou impossível reparação.

 

Imagens: Reprodução

Segurança

Segurança

Segurança

Segurança

Segurança

Segurança