20 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Economia Educação

Procon divulga pesquisa de preços de materiais escolares em Florianópolis

Consumidores podem encontrar itens com variação de até 2866,67% em diferentes lojas

A Prefeitura de Florianópolis, por meio do Procon Municipal, realizou nesta semana uma pesquisa de preços de artigos escolares nas principais lojas do comércio florianopolitano e identificou uma variação de até 2.866,67% entre os produtos.

As equipes do órgão de defesa dos consumidores analisaram 38 produtos em 6 lojas, entre borrachas, cadernos, mochilas, estojos e lápis de cor.

Dos artigos pesquisados, os itens encontrados com menor variação de preços foram:

 

  • caixa de giz de cera com 15 unidades (80,00%), comercializada por R$5,50 em um estabelecimento e por R$9,90 em outro;
  • caixa de tinta guache com 6 cores (142,86%), encontrada por uma média de R$7,00;
  • cola branca tubo 90g (154,29%), encontrada custando de R$3,50 até R$8,90.

Entre os itens com maior variação estão:

  • apontador plástico 1 furo, apresentou discrepância de 2866,67%, custando R$8,90 em um local e R$0,30 em outro;
  • estojo (2790,91%), que foi encontrado por até R$159,00 nas lojas pesquisadas
  • caneta esferográfica azul (2425,25%), observada por R$25,00 em uma loja e por R$0,99 em outra.

“Essa pesquisa tem como objetivo auxiliar os responsáveis pelas compras de materiais escolares a economizar na hora de realizar as compras. É importante se atentar neste momento para não estourar o orçamento e não realizar mais dívidas do que as pessoas podem lidar”, conta o diretor do Procon Municipal, Alexandre Farias Luz.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Economia

Economia

Educação

Educação

Economia

Economia