20 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Economia

Procon revela variação de preços para o Dia dos Namorados em Florianópolis

Foto: Banco de Imagens/ Freepik

Saiba a porcentagem de aumento em comparação com o ano anterior

Nesta segunda-feira (10), a Prefeitura de Florianópolis, por meio do Procon Municipal, divulgou os resultados de uma pesquisa de preços de presentes para o Dia dos Namorados. Com uma incursão em 10 estabelecimentos da cidade, foram analisados mais de 30 produtos e serviços, oferecendo aos consumidores uma visão abrangente das opções disponíveis. Dentre os itens avaliados estavam perfumes, flores, restaurantes e joias, elementos tradicionais e frequentemente procurados nesta época de celebração amorosa.

Os resultados revelaram uma variedade de preços e tendências em diferentes setores do mercado. Por exemplo, para aqueles que desejam desfrutar de um jantar, a opção mais acessível encontrada foi uma sequência de sashimi ou um prato de Gnocchi, ambos disponíveis por R$109,00. No entanto, os restaurantes demonstraram um aumento médio de cerca de 0,16% em comparação com os preços do ano anterior.

 

Flores, outro presente clássico, mostraram uma média de preço de R$288,63, com o buquê de rosas mais acessível disponível por R$239,00. Em comparação com o ano anterior, os buquês contendo 12 rosas importadas viram um aumento médio de cerca de 5,62%, chegando a uma média de R$267,33 em 2023.

Para aqueles que buscam presentes mais duradouros, as joias apresentaram uma média de preço de R$718,37. Outras opções como os motéis, ofereceram uma estadia média de 2 a 5 horas com preços médios de R$332,50. Uma opção diferenciada e mais econômica foi uma cesta de café da manhã, vendida por R$150,00.

> Siga nosso canal no WhatsApp e receba as notícias do TVBVonline em primeira mão

O diretor do Procon Municipal, Alexandre Farias Luz, destacou a importância dessas pesquisas sazonais para os consumidores. “Por isso, elaboramos uma lista dos itens mais adquiridos nesta época do ano, para que o consumidor possa ter uma visão geral do que está sendo oferecido e escolher o que se encaixa melhor em seu orçamento”, afirmou.

Já o secretário de Governo da capital, André Alves, enfatizou como a pesquisa pode ajudar os consumidores a se prepararem com antecedência, evitando surpresas de última hora nos valores. “Com uma variedade tão grande de produtos disponíveis, os consumidores podem ser levados a comprar por impulso ou a gastar mais do que deveriam, e nossa meta é evitar que isso ocorra”, explicou.