17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

São Pedro de Alcântara celebra 195 anos da imigração alemã em Santa Catarina

Município foi o primeiro a receber imigrantes vindos da Alemanha; celebração contou com a presença do governador Jorginho Mello

O município de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis, celebrou nesse final de semana os 195 anos da imigração alemã em Santa Catarina. O local abrigou a primeira colônia de imigrantes dessa origem no estado e ficou conhecida como a Capital Catarinense da Colonização Alemã, que recebeu os primeiros colonos vindos do sudeste Alemanha em 1829.

A celebração contou com uma solenidade marcada por músicas e comidas típicas que relembraram a essência alemã no município. A festividade recebeu o repasse R$ 100 mil da Fundação Catarinense de Cultura e contou também com a presença do governador Jorginho Mello no sábado (2), que ressaltou a importância não só dos alemães mas de todos os povos que imigraram para o estado.

“É uma mistura que deu certo, diversos povos no nosso estado moldaram a potência que somos hoje. Fico muito feliz de poder estar aqui comemorando os 195 anos da imigração alemã e ressalto o compromisso do Estado com o município de São Pedro de Alcântara”, afirmou o governador. O prefeito de São Pedro de Alcântara, Charles da Cunha, ressaltou também a importância do evento para a cultura do município, mantendo a essência dos povo alemão.

 

Entrega de homenagens

Ainda no evento, foram entregues homenagens a cidadãos importantes para a comunidade local, como a senhora Philomena Kuhn. Aos 100 anos, ela é a moradora mais antiga de São Pedro de Alcântara. O governador entregou uma medalha a Philomena.

Outra homenagem entregue foi para o historiador e genealogista Aderbal João Philippi. Ele é autor de livros como “São Pedro de Alcântara: primeira colônia alemã de Santa Catarina”.

 

Foto: Roberto Zacarias / SECOM