23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

SC perde R$ 7 milhões por mês no combate à dengue

Segundo o deputado, são mais de R$ 80 milhões por ano que Santa Catarina deixa de receber porque o governo se baseia em dados totalmente equivocados da realidade de SC / Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL

A informação consta em uma moção apresentada pelo deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), aprovada em plenário da Alesc, no meio da semana. A moção visa pressionar o Ministério da Saúde a revisar a Portaria de Consolidação nº 6/2017, que regulamenta o repasse de recursos para os municípios montarem equipes de Agentes de Combate às Endemias, responsáveis pelo combate ao mosquito da dengue. Segundo o parlamentar, Santa Catarina deixa de receber R$ 7 milhões por mês devido a dados desatualizados sobre a realidade da dengue no estado. “Esta portaria faz referência a dados epidemiológicos de 2014 em Santa Catarina, ano em que apenas oito municípios registraram infestação do mosquito da dengue. Atualmente, contamos com 156 municípios nessa condição”, revelou o parlamentar. O deputado aponta de que a partir de uma atualização dos dados da dengue no estado poderia triplicar o valor repassado aos municípios, aumentando de R$ 3 milhões para R$ 10 milhões por mês, o que permitiria a formação de 3,6 mil equipes de combate a endemias, em comparação com as atuais 1,2 mil equipes mantidas pelas prefeituras com recursos federais.

Podemos quer Lucas Neves como candidato em Lages

Paulinha sugere chapa pura do Podemos em Lages, encabeçada por Lucas / Foto: Valquíria Guimarães

O Podemos de Santa Catarina passa a dirigir o foco na participação nas eleições municipais em Lages. A nova presidente do partido, a deputada Paulinha, reforçou o desejo de brigar pela prefeitura do município, indicando o deputado Lucas Neves e o vereador Jair Junior, líder da oposição na Câmara Municipal, como pré-candidatos para disputar a majoritária. Os dois podem vir a compor uma chapa pura em busca da maior prefeitura da Serra Catarinense. O partido já tem pesquisas internas que indicam a viabilidade do projeto local. Lucas Neves foi nomeado no início desta semana como vice-presidente do Podemos em Santa Catarina, além de ocupar presidência nacional do Conselho Político da Juventude do partido. Caso isso aconteça, Lucas estaria quebrando uma promessa de que não seria candidato em Lages, e que iria cumprir integralmente o mandato como deputado. Mas, na política, tudo muda.

Moção de Aplauso a CTG de Lages

Deputado Lucas Neves, Mario Arruda e o deputado Mario Motta / Foto: Vicente Schmitt/Agência AL

A Assembleia Legislativa prestou homenagem na quarta-feira (13) ao Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Barbicacho Colorado, de Lages. A moção de aplauso foi proposta pelo deputado Lucas Neves (Podemos) pela vitória nas competições artísticas do 35º Rodeio Internacional Crioulo de Vacaria, no Rio Grande do Sul. O deputado proponente destacou que o evento do qual o Barbicacho Colorado foi campeão é “considerado a Copa do Mundo dos rodeios” e que a homenagem fortalece o trabalho que seus membros realizam de manter as tradições. Mario Arruda, que representou os homenageados, destacou que o trabalho dos CTGs movimenta a economia do estado. No Brasil são cerca de 3 mil centros tradicionalistas e no exterior giram em torno de 16. Durante as competições entre as entidades o Barbicacho se destaca nas competições de dança em grupo.