TVBV Notícias Robson Reckziegel Seu seguro residencial cobre os danos causados pelas enchentes?
Robson Reckziegel

Seu seguro residencial cobre os danos causados pelas enchentes?

As chuvas frequentemente causam transtornos consideráveis na vida de muitas pessoas, sobretudo nas áreas urbanas densamente povoadas. Em tais momentos, adquirir uma cobertura para alagamentos e inundações se torna uma escolha prudente. Para isso, é fundamental compreender as opções disponíveis em seguros residenciais e seus limites.

Você sabia que existe uma distinção entre os termos “enchente,” “inundação” e “alagamento”?

Na realidade, o que frequentemente é chamado de “enchente” é, na verdade, um “alagamento.” Isso ilustra a confusão que muitas vezes envolve esses conceitos.

 

Qual é a importância da prevenção?

Em um mundo cada vez mais volátil e sujeito a mudanças, prever o que pode acontecer nas próximas horas é uma tarefa complexa. Isso é frequentemente evidenciado nas notícias, onde acontecimentos inesperados como roubo de bens pessoais, incêndios acidentais e explosões impactam a vida das pessoas. Independentemente do tipo de imprevisto, é provável que cause significativos contratempos na vida de qualquer indivíduo. No entanto, a situação pode ser diferente se você possuir um seguro residencial e souber utilizá-lo. Com essa proteção, você estará resguardado contra os imprevistos mencionados, bem como diversos outros. A segurança de sua residência é garantida de acordo com o que está estipulado na apólice, por isso é essencial entender todos os detalhes do contrato para evitar judicialização posterior.

Além do que foi mencionado anteriormente, muitas pessoas têm dúvidas sobre se o seguro residencial cobre os danos decorrentes de enchentes, inundações ou alagamentos. Na maioria dos casos, as seguradoras não incluem essa proteção em seus pacotes básicos, geralmente oferecendo-a como uma cobertura adicional.

Abaixo, fornecemos mais informações sobre como funciona a cobertura para alagamentos e inundações.

Qual é a finalidade da cobertura de alagamento e inundação?

As chuvas frequentemente se transformam em um grande transtorno para muitas pessoas. Isso ocorre quando as chuvas provocam transbordamentos de rios, inundações de casas e aflição para as famílias devido aos danos causados. A solução ideal seria mudar para uma localidade mais segura, não é mesmo? No entanto, as circunstâncias muitas vezes tornam isso impraticável, pois a realidade é mais complexa do que parece. Uma alternativa viável e interessante é contratar um seguro residencial que inclua cobertura para alagamentos e inundações. Por meio desse mecanismo, é possível garantir a proteção do seu patrimônio residencial, mesmo diante de eventos climáticos adversos. No entanto, é fundamental compreender exatamente quais tipos de cobertura as seguradoras devem oferecer.

Afinal, existem sutis diferenças nas definições de enchente, inundação e alagamento. Enchente, por exemplo, ocorre quando a chuva faz com que o nível da água dos rios suba até seu leito sem causar danos às residências circundantes. Esse termo é frequentemente utilizado para se referir a “alagamento,” embora sua definição seja notavelmente diferente. Já a inundação se relaciona com a água dos rios que temporariamente invade uma determinada área, causando danos. Esse fenômeno é comum, pois a água geralmente se retira e a área volta ao normal. Por outro lado, o alagamento pode ser definido como uma inundação persistente, que perdura por mais tempo.

Esse fenômeno é o que causa mais prejuízos, ocorrendo frequentemente durante longos períodos de chuva contínua, sem intervalos secos. Seja qual for o evento fluvial, a contratação de um seguro que cubra os danos causados por ele deve ser feita com atenção e cuidado para evitar desentendimentos futuros entre as partes envolvidas.

Quais são os riscos causados por alagamentos e inundações?

Quando esses fenômenos ocorrem, praticamente tudo em seu caminho é destruído. Isso inclui móveis, eletrodomésticos, dispositivos eletrônicos e, o mais importante, a vida humana, que é colocada em risco. Portanto, é crucial ter um seguro que garanta cobertura para alagamentos e inundações.

O que um seguro residencial pode cobrir em casos de chuva?

Desde que o seguro cubra danos decorrentes de fenômenos naturais, como alagamentos, em casos inesperados, você pode entrar em contato com a seguradora e solicitar a indenização financeira conforme estipulado na apólice. Como saber se o seu seguro cobre enchente? Para verificar se o seu seguro cobre danos por enchentes, é necessário consultar sua corretora e analisar os detalhes da apólice. É importante fornecer todas as informações necessárias para evitar mal-entendidos futuros, se for necessário acionar o seguro. Combine claramente o que deve ser coberto no contrato e leia atentamente as coberturas da apólice.

O que o seguro residencial pode cobrir?

O seguro residencial geralmente abrange danos causados por roubos, incêndios, quedas de raios, ventanias fortes e explosões, ou seja, eventos imprevisíveis. Isso é particularmente importante se sua área de residência estiver suscetível a alagamentos.

Como acionar o seguro em caso de alagamento ou inundação?

Caso seu seguro inclua cobertura para alagamentos e inundações, assim que ocorrer um evento desse tipo, tenha sua apólice de seguro e documentos pessoais à mão e entre em contato com sua corretora o mais rápido possível. Ao mesmo tempo, se for possível, faça provas dos danos da forma que conseguir especialmente fotos e vídeos para poder discutir judicialmente, se for necessário, em caso negativa da seguradora.

Seguro residencial obrigatório

Além do que já foi explicado, é importante ter em mente que o todo imóvel financiando tem um seguro embutido no contrato que cobre danos ambientais ao imóvel, portanto se o imóvel está financiado e sofre danos de enchentes, inundações, deslizamentos de terra ou algum outro tipo de dano pode ser acionado o seguro.

Em caso de negativa de indenização é recomendado procurar um bom escritório de advocacia para auxiliar no processo de indenização.

Foto: Freepik/Reprodução

Sair da versão mobile