3 de março de 2024
TV Barriga Verde
Economia

Veja dicas para não cair em golpes em compras nesta Black Friday

Federação dos bancos alerta sobre quadrilhas aproveitam promoções para roubar dados pessoais

A Black Friday, que ocorre nesta sexta-feira (24), é a oportunidade para os consumidores encontrarem promoções e descontos em produtos em sites por toda a internet. Entretanto, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) fazendo um alerta sobre o aumento do número de golpes. De acordo com a entidade, é preciso redobrar a atenção com ofertas muito atraentes, lojas em redes sociais e ter cuidado com cartões.

O diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban, Adriano Volpini, destaca que as quadrilhas aproveitam o momento de euforia com o grande volume de promoções para aplicar golpes usando “engenharia social”, que consiste na manipulação do usuário para que ele lhe forneça informações confidenciais para o roubo de dados pessoais.

“Nesta época do ano, são comuns abordagens de criminosos com páginas falsas que simulam e-commerce; promoções inexistentes enviadas por e-mails, SMS e mensagens de WhatsApp, e a criação de perfis falsos que investem em mídia para aparecer em páginas e stories de redes sociais, inclusive com depoimentos falsos de compradores”, alerta.

 

Confira dicas para não cair em golpes:

  • Comprar, de preferência, nos sites conhecidos e verificar a reputação de sites não conhecidos em páginas de reclamações;
  • Nunca usar um computador público ou de um estranho para efetuar compras ou colocar os dados bancários;
  • Verificar com atenção as formas de pagamento oferecidas pelo e-commerce e desconfiar quando existem poucas opções;
  • Desconfiar das promoções com preços muito menores do que o valor real do produto;
  • Desconfiar de de sites que pedem o preenchimento de formulários com dados pessoais para ter acesso às promoções;
  • Usar cartões virtuais nas compras online;
  • Utilizar o serviço de avisos de transações disponibilizados pelos bancos, que informam o valor realizado para cada transação, instantaneamente;
  • Ao fazer uma compra presencial com cartão, sempre conferir o valor na maquininha de cartão antes de digitar a senha.

“Se for pagar com Pix, sempre faça o pagamento dentro do ambiente da loja virtual. Quando o varejista fornecer o código QR Code, confira com atenção todos os dados do pagamento e se a loja escolhida é realmente quem irá receber o dinheiro. Só após essa checagem detalhada, faça a transferência”, orienta, ainda, a Febraban.

O Procon de São Paulo disponibilizou também uma página com 78 sites de compras não confiáveis que devem ser evitados nesta Black Friday. Clique neste link para ver a lista completa.

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Paulo Pinto

Economia

Economia

Economia

Economia, Educação

Economia

Economia