23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Ocorrência

Vídeo: Crateras na pista complicam situação da BR-101 no Morro dos Cavalos

Imagens: PRF

Reparos já iniciaram, mas sem previsão de liberação para veículos

Após uma queda de barreira que bloqueou totalmente os dois sentidos da BR-101 no Morro dos Cavalos em Palhoça, na Grande Florianópolis, um afundamento de pista complicou ainda mais a situação no km 233 do trecho na noite desse domingo (14).

Segundo a Arteris Litoral Sul, concessionária da rodovia, a região do Morro dos Cavalos seguirá totalmente interditada nesta segunda-feira (15). O trecho está bloqueado desde a noite de sábado (13), devido à grande quantidade de rochas que caiu sobre a pista. Dois bloqueios foram implantados de modo preventivo, um no km 229 (pista sentido Porto Alegre) e outro no km 236 (pista sentido Curitiba).

 

Os reparos no afundamento de pista já iniciaram e seguem ao longo desta manhã. A Arteris Litoral Sul deve divulgar em breve uma nota dando mais detalhes sobre o andamento dos reparos e novas previsões de liberação do tráfego. O posicionamento não foi divulgado até o fechamento desta matéria. A fila de veículos no local já chega a cerca de 15 km.

Veja imagens dos danos na BR-101

Rotas alternativas

A Polícia Rodoviária Federal a concessionária orienta os motoristas para que evitem pegar a BR-101 no sentido do trecho interditado, e divulgou rodas alternativas para os motoristas:

Pista sentido Porto Alegre (ou Sul)

No km 215 da BR-101/SC, acesse a BR-282/SC. Em seguida, dirija até Lages/SC, quando poderá acessar a BR-116/SC e prosseguir até Caxias do Sul/RS. Na sequência, acesse a BR-453 e dirija até Terra de Areia, quando poderá adentrar na BR-101/SC.

Pista sentido Curitiba (ou Norte)

Acesse a BR-453 em Terra de Areia/RS, siga até Caxias do Sul/RS, quando poderá adentrar na BR-116. Posteriormente, dirija pela BR-116 até Lages/SC, na sequência acessando a BR-282/SC até Palhoça, quando poderá acessar a BR-101/SC.

Mais de 600 mm de chuva

O litoral catarinense continua sendo atingido por chuvas volumosas que resultaram em inúmeras ocorrências como alagamentos e deslizamentos. A Defesa Civil Municipal classifica a situação como de risco no local.

A estação pluviométrica da Arteris Litoral Sul em Palhoça, na enseada do Brito, nas proximidades do local do deslizamento no Morro dos Cavalos, marcou cerca de 600 mm de chuva, ou seja, o dobro do volume esperado para todo o mês de abril.