12 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Cotidiano

Chuva em Florianópolis causa mudanças em vários serviços públicos; confira

O ciclone extratropical que está atuando no Litoral de Santa Catarina tem causado ventos fortes e alagamentos por toda a cidade de Florianópolis. Ao longo desta quarta-feira (10), a chuva deve seguir intensa e as rajadas de vento podem atingir até 100 km/h durante a tarde, por isso alguns serviços públicos foram cancelados. O tempo começa a mudar só depois das 22h, quando o ciclone deve se afastar da costa.

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Defesa Civil Municipal, afirma que desde o início da chuva, na terça-feira (9), já foram registrados mais de 200 mm, acumulado que já supera a média histórica do mês de agosto na cidade, que é de 86 mm.

Confira quais serviços estão funcionando normalmente e quais foram cancelados ou tiveram datas alteradas:

Saúde

A Secretaria de Saúde suspendeu os atendimentos na Busão da Vacinação e na Van Itinerante. O serviço também foi interrompido em alguns bairros.

 

Vacinação: O cronograma de atendimentos do Busão da Vacinação e da Van Itinerante está suspenso.

Em função de problemas decorrentes das chuvas e ventos fortes, a Secretaria Municipal de Saúde também teve que fechar as seguintes salas de vacinação:

  • Morro das Pedras: sem energia;
  • Alto Ribeirão: em meia fase, e computadores não ligam;
  • Canto da Lagoa: sem energia, estourou um transformador na frente do CS;
  • Caieira: queda de árvore e deslizamento no acesso ao CS, ninguém consegue chegar. CS fechado;
  • Rio Tavares: energia em meia fase;
  • Pântano do Sul: sala de vacina sendo limpa por conta de alagamento;
  • CS Lagoa da Conceição sem energia elétrica.

Educação

A Secretaria Municipal de Educação informa que há unidades educativas sem atendimento hoje na Capital devido aos estragos causados pela chuva, como levantamento de telhas. Uma avaliação está sendo feita e providências urgentes devem ser tomadas nas próximas horas para que o atendimento aos alunos seja normalizado.

Escolas com atividades suspensas nesta quarta-feira (10):
  • Batista Pereira (Alto Ribeirão);
  • Costa de Dentro (Costa de Dentro);
  • Costa da Lagoa (Costa da Lagoa);
  • João Gonçalves Pinheiro (Rio Tavares );
  • Paulo Fontes (em Santo Antônio de Lisboa).
Creches fechadas em razão das chuvas:
  • Ana Spyrios Dimatos (Tapera);
  • Doralice Maria Dias (Vargem do Bom Jesus);
  • Doralice Teodora Bastos (Canasvieiras);
  • Sueli Gadotti (Ingleses);
  • Clair Gruber de Souza (Canasvieiras);
  • Mocotó (Morro da Queimada);
  • Stella Maris (Ponta das Canas).

Vias Públicas

Nas vias públicas, quedas de árvores, pequenos estragos na infraestrutura, deslizamentos e outros materiais dispersos pela ação dos ventos estão no foco de uma ação multisetorial da Prefeitura. Por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Infraestrutura está em curso a recuperação de possíveis danos, limpeza das ruas, desobstrução de vias, além da coleta de galhos/folhas caídas e outros detritos.

Transporte coletivo

No transporte coletivo da Capital, algumas linhas estão operando com desvios pontuais por conta de quedas de árvores e maré alta. As mudanças nos itinerários serão normalizadas conforme as vias forem desimpedidas. As principais alterações acontecem na rodovia SC-405, nas três faixas do Rio Tavares, onde todas as linhas estão operando com desvio, passando pelo Acesso Novo.

Confira as demais linhas:

  • Linha 410 – Desvio pelo Acesso Novo por conta de maré alta;
  • Linha 362 – Desvio por conta de queda de árvore no Canto dos Araçás;
  • Linha 283 – Desvio por conta de queda de árvore na R. Fabriciano Inácio Monteiro.

*Atualização do fim da manhã do dia 10/08

Parques

Como medida preventiva, todos os parques municipais foram fechados temporariamente para a visitação do público. A presença de fortes rajadas de vento oferece risco nesses locais pela grande quantidade de árvores.

Coleta de lixo

A coleta de resíduos sólidos está sendo feita normalmente em toda cidade. Pode ocorrer, contudo, a suspensão temporária em ruas sem condições de acesso, para evitar colocar em risco pessoal e equipamento.

Assistência Social

Mesmo sem registro de desabrigados até o momento, a Secretaria de Assistência Social acompanha a situação e está preparada para realizar diferentes ações de acolhimento emergencial se famílias forem atingidas.

Segurança Pública

A Guarda Municipal vem acompanhando a situação desde o princípio e segue com ações de fiscalização dos pontos de alagamento em todas as regiões da cidade. No Rio Tavares, a via principal precisou ser interditada e o desvio do trânsito está sendo feito prioritariamente pela SC 401, que dá acesso ao aeroporto.

– Defesa Civil de Florianópolis está nas ruas e pode ser acionada pelo telefone 199.
– Guarda Municipal da Capital também segue atendendo à população pelo telefone 153.

Evento de Sociais

A Diretoria de Bem-Estar Animal de Florianópolis (Dibea) informa que o mutirão marcado para amanhã, quinta-feira, foi cancelado.

O CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) pede para a população que em caso de emergências, entrem em contato pelo 193.

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano