17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Drogas sob encomenda: Polícia prende traficantes que enviavam entorpecentes pelo correio

Três pessoas foram presas por abastecer traficantes em outros locais do Brasil

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina nessa quarta-feira (6) desarticulou uma associação de traficantes que realizavam o envio de drogas pelo Correio e outros serviços postais para abastecer outros traficantes. Três pessoas foram presos em flagrante no bairro Roçado, em São José, na Grande Florianópolis.

Os mandados de prisão e também de busca e apreensão cumpridos nesta quarta foram expedidos pelo Juízo da Vara Criminal de Biguaçu, decorrente de uma investigação iniciada em fevereiro de 2023 após a apreensão de diversas drogas, entre ecstasy, maconha, haxixe e cocaína, que seriam enviadas pelo Correio.

Os entorpecentes eram enviados para diversos locais do Brasil, sempre com o mesmo modus operandi: as drogas eram escondidas dentro de produtos lícitos, como brinquedos infantis, panelas e lixeiras. Durante a investigação, os policiais constataram que as postagens de drogas foram feitas em inúmeras ocasiões e continuavam a todo o vapor.

 

Após a quebra de sigilo telemático e outras diligências contra os investigados, a operação da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE/DEIC) passou a vigiar a residência do alvo principal, onde foi possível acompanhar o momento da saída do suspeito até um estabelecimento próximo, onde se encontrou com outros dois indivíduos, momento em que foi realizada a abordagem policial.

Após das voz de prisão ao alvo, os policiais encontraram na mochila de um dos outros dos indivíduos um pacote pronto para remessa postal, contendo um brinquedo, que ocultava certa quantia de droga semelhante a haxixe. Junto com o pacote, estava um comprovante de remessa pelos Correios feito minutos antes da ação policial. A postagem foi retida e, dentro dela, foi encontrado um brinquedo contendo vários comprimidos de droga semelhante a ecstasy.

Na sequência, a equipe se deslocou até a residência do alvo principal para o cumprimento do mandado de busca e apreensão, onde foi encontrada grande quantidade de drogas e munições, além de diversos objetos relacionados a atividade do tráfico, como balança, contadora de notas e materiais para embalagem. Parte da droga apreendida na residência continha as mesmas características da droga retida e apreendida pelo Correio. Também foram apreendidos veículos e aparelhos celulares.

 

Foto: Divulgação/PCSC