23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Em Dubai, abertura para investimentos em infraestrutura ganha envergadura

Representantes do governo dos Emirados Árabes demonstram interesse em investir na infraestrutura de SC  / Foto: Nathan Neumann / SECOM

A comitiva catarinense em Dubai já obteve o primeiro aceno de parte do Ministério do Comércio dos Emirados Árabes Unidos. A sinalização do Ministro Thani Zeyoud, em investir em infraestrutura em Santa Catarina, já é um avanço, obtido na primeira reunião oficial da missão internacional, na segunda-feira (19), capitaneada pelo governador Jorginho Mello. O objetivo é garantir acordos que possam beneficiar setores estratégicos no Estado, especialmente nos portos e na ampliação da malha estadual de ferrovias. A expectativa é de que o interesse se torne em prática. Antes, porém, uma comitiva árabe deverá vir à Santa Catarina, ainda este ano, em novembro, exatamente para entender e conhecer a proposta dos catarinenses.

Deputado propõe tolerância zero para moradores de rua

Deputado Lucas Neves / Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL

A violência envolvendo moradores em situação de rua tem ganhado notoriedade também em outros municípios. O deputado Lucas Neves (Podemos) que é também presidente da Comissão Antidrogas na Alesc, tornou pública a preocupação dele com o que ocorrendo também em Lages na Serra Catarinense. Segundo relata, nos últimos dez dias, uma série de ataques deixou os moradores de Lages apreensivos. Três incidentes envolvendo pessoas em situação de rua abalaram a tranquilidade da população. O primeiro ocorreu contra um profissional da beleza próximo ao chafariz do Calçadão. O segundo alvo foi um idoso de 85 anos, vítima de violência na praça do terminal urbano. O último incidente ocorreu no estacionamento de um supermercado, quando uma mulher, segurando uma criança no colo, foi agredida por se recusar a dar esmola.

Covardia

O deputado se refere aos atos, como sendo covardes. Três pessoas de bem, uma delas um senhor idoso que foi parar no hospital. Entre os moradores em situação de rua, há agressores, e na opinião do deputado, são bandidos de rua usam a bondade alheia para cometer crimes. Porém, o deputado pensa no Estado como um todo. A escalada da violência tem levado a uma crescente preocupação com a situação dos moradores de rua usuários de drogas em Santa Catarina, provocando debates sobre medidas como a internação involuntária. O parlamentar tem defendido na Assembleia Legislativa essa medida como uma alternativa viável para lidar com esse problema. “É obrigação progredir no debate dessa questão, buscar soluções a curto, médio e longo prazo. O que não dá mais é para conviver com essa insegurança nas cidades do estado”, finalizou o deputado.

Nas mãos do TSE o pedido de cassação de Jorge Seif

Senador Jorge Seif / Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A defesa do senador Jorge Seif (PL/SC) bem que tentou postergar ao máximo a chegada da ação que contesta os gastos de campanha, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (STF), que, inclusive, já passou pela primeira instância, com a rejeição do Tribunal Regional Eleitoral (TRE SC). O caso agora está nas mãos do ministro Floriano Azevedo Marques Neto. Se for levada em conta a jurisprudência que levou à cassação do prefeito e vice, de Brusque, pelo mesmo motivo, abuso de poder econômico, Seif deverá ter sérios problemas para se defender. Na campanha, ele teria se utilizado dos bens de transporte do empresário Luciano Hang, como por exemplo, avião e helicóptero. A oposição acompanha com muito interesse o desenrolar do processo impetrado pela coligação dos partidos do PSD, União Brasil e Patriota.

Deputados de oposição pedem impeachment de Lula

Deputada Júlia Zanatta / Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

A deputada Júlia Zanatta (PL/SC) ressalta que Lula desprezou a memória dos judeus ao igualar Israel ao regime nazista, em declarações que repercutiram muito mal internacionalmente e, inclusive, fez o governo israelense declará-lo uma “persona non grata”. Diante do que classifica como crime de responsabilidade, conforme o Art. 5 da Lei do Impeachment. Segundo a deputada, o ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo da guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade, já alcançou um grande número de assinaturas, a partir do pedido de impeachment apresentado pela deputada Carla Zambelli, além de uma moção de repúdio.