23 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Educação

Escolas de SC reforçam segurança após ataque em creche de Blumenau

As forças de segurança do Estado, alertam para compartilhamento de fake news

Na amanhã desta quarta-feira (5), após o ataque em uma escola de Blumenau, na região do Vale do Itajaí, vários áudios e vídeos estão circulando nas redes sociais, sobre possíveis ameaças em outras cidades. Muitos municípios estão reforçando a segurança nas regiões próximas das unidades escolares.

A Prefeitura de Florianópolis informou que o atendimento e os horários da rede escolar municipal seguem normais nesta quarta-feira (5). A Polícia Militar informou que, além do patrulhamento diário realizado pela equipe da Rede de Segurança Escolar do 4º BPM, foi intensificado o policiamento com o emprego da Radiopatrulha em todas as escolas e creches de região.

Em Criciúma, como medida de segurança, a Polícia Militar reforçou a segurança nas unidades escolares espalhadas pela cidade. A Prefeitura de Gaspar comunicou que, segundo orientações da Polícia Militar e da Polícia Civil, não há motivo para acreditar que não tenha sido um fato isolado. Nenhuma unidade de ensino de Gaspar registrou ocorrências ou incidentes.

 

“Todas as escolas e Centros e Desenvolvimento Infantil (CDI`s), públicas ou privadas, recebem uma intensificação do patrulhamento da Polícia Militar, juntamente com a Superintendência de Trânsito. As aulas estão mantidas e não há orientação para retirar crianças das unidades”, diz a nota.

O prefeito de Chapecó, no Oeste catarinense, João Rodrigues, lamentou as mortes causadas pela tragédia e afirmou que as aulas da cidade seguem normalmente, porém, com reforço na segurança. Durante a tarde, uma reunião entre as forças de segurança do município, vai definir medidas para melhorar a vigilância das escolas.

O Município de Itajaí determinou a suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino até quinta-feira. A suspensão das aulas foi uma decisão do prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, e está alinhada à medida adotada pelo Governo do Estado, que também suspendeu as aulas da Rede Estadual nesta semana.

Em virtude do ocorrido, a Prefeitura de Palhoça também informou que “em respeito à preservação da vida, as aulas da rede municipal estarão suspensas até o fim da semana. Com o intuito de atender as demandas especiais de pais e responsáveis nesta quarta-feira, as escolas permanecerão abertas para receber os estudantes”.

A Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria Municipal de Educação comunicou que “as atividades escolares no Sistema Municipal de Educação de Lages (Centros de Educação Infantil, Escolas Municipais de Educação Básica – EMEBs, Escolas do Campo e EMEB Itinerante) continuam normalmente até esta quinta-feira. Portanto, os pais ou responsáveis devem manter a rotina escolar de seus filhos”.

Ressalta-se que o comando do 6º Batalhão da Polícia Militar em Lages está monitorando a situação de segurança nas unidades municipais de ensino.

Fake news e alerta:

Sobre as imagens que circulam nas redes sociais, de ameaças em outras escolas, a Secretaria de Segurança do Estado, e a Polícia Civil, reforçam que as informações são falsas. “Foi um caso isolado e várias informações sem fundamento têm circulado com desinformação sobre ele”, reforçam.

Confira:

“Diversas informações estão circulando pelas redes sociais neste momento. As Forças de Segurança de Santa Catarina adiantam que é falsa a informação de outros ataques. Foi um caso isolado e várias mensagens têm circulado com desinformação sobre o caso. Não acredite em #fakenews!”

O governo do Estado vai realizar uma coletiva conjunta com a Polícia Civil, Polícia Militar e a Polícia Científica, para informar sobre as ações acerca do ataque à creche em Blumenau.

Foto: CBMSC/Reprodução

Educação

Educação

Educação

Educação

Educação

Educação