23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Segurança

Florianópolis inicia fase de testes de estacionamento rotativo; confira

Operação inicia de forma educativa nesta semana, e passa a ser cobrada no próximo dia 18

Iniciou na segunda-feira (11), a fase de testes do estacionamento rotativo na região central de Florianópolis, que voltará a contar com a cobrança aos condutores de carros e motocicletas a partir de domingo (18).

A implementação do estacionamento rotativo permite a democratização das vagas e maior fluxo de veículos na Região Central, favorecendo principalmente o comércio. A medida é especialmente importante em locais onde costuma haver grande quantidade de veículos nas vias. Os preços serão de R$ 2,00 a hora por carro e R$ 1,00 a hora por moto, nas 2400 vagas distribuídas na região central da cidade

Os fiscais da empresa responsável atuam de forma exclusivamente educativa, orientando e esclarecendo dúvidas dos motoristas previamente à implantação do sistema, até o domingo.

 

Outra novidade é a cobrança de hora fracionada por minuto, apenas para os usuários que utilizarem o App. O sistema funcionará das 8h às 18h e terá tempo limite de 2h por vaga nas vagas azuis e de 5h nas vagas brancas (ambas sinalizadas), ultrapassando isso, o usuário estará sujeito à aplicação de penalidade, necessitando, obrigatoriamente, trocar de vaga.

Motoristas e motociclistas poderão comprar os tickets pelo app “Pare Fácil” e pelos operadores que estarão nas ruas para o atendimento dos usuários. Todas as vagas disponibilizadas serão fiscalizadas pelos próprios operadores da empresa que gerencia o sistema e pela Guarda Municipal de Florianópolis.

Entre as questões a serem fiscalizadas estão:

  • Uso irregular da vaga (especialmente em vagas destinadas à idosos e PCD’s);
  • Não pagamento da taxa;
  • Tempo excedido;
  • Veículo em vaga de moto ou vice-versa.

Migração de saldo

A transferência de saldo dos usuários com a antiga empresa poderá ser de duas formas:

1) Para usuários que possuíam em seus cadastros a informação de e-mail ou telefone, será enviado uma mensagem com código de ativação por esses dois meios (e-mail/telefone) para o resgate do saldo;

2) Caso os usuários não possuam informação de e-mail ou telefone no cadastro, o resgate dos créditos será realizado de forma presencial na Base da GMF (Largo da Alfândega), mediante à apresentação de um documento com foto.

Foto: MPSC/Reprodução