20 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Turismo

Florianópolis realiza limpeza diária de 40 km de praias, durante o verão; confira

No Réveillon, 400 pessoas vão cuidar da limpeza nas festas públicas

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza e Manutenção Urbana, ativa hoje (15) a operação verão, quando passa a fazer limpeza diária nos 40 quilômetros mais movimentados da orla na Ilha de Santa Catarina.

Há 2 mil lixeiras instaladas nas praias de Florianópolis. No verão, a geração de resíduos costuma aumentar de 15 para 200 sacos por quilômetro de orla.

Este ano, 210 lixeiras em tripé foram feitas na oficina da Base Operacional da Comcap. O modelo dos tripés é exclusivo, criado e produzido internamente, tornando-se uma lixeira mais barata, visível e funcional.

 

Apesar dos equipamentos públicos para disposição de resíduos, a orientação é para que as pessoas deixem o mínimo de resíduos na praia e nas festas públicas. “Precisamos da colaboração das pessoas, depois de consumir o alimento ou bebida, as garrafas devem ser colocadas nos pontos de entrega voluntária de vidro (PEVs de Vidro) e as demais embalagens levadas de volta pra casa e encaminhadas para a coleta seletiva”, orienta o secretário de Limpeza e Manutenção Urbana e presidente da Comcap, João da Luz.

Limpeza no Réveillon 2024

A Secretaria Municipal de Limpeza e Manutenção Urbana vai mobilizar 400 pessoas para a limpeza das festas públicas de réveillon em Florianópolis. A concentração maior de efetivo, cerca de 100 pessoas, será nas avenidas beira-mar Norte e Continental.

Nos balneários, onde há festas públicas de virada, também será feita a limpeza para que a orla amanheça limpa.

As pessoas devem colaborar dispondo garrafas nos 16 pontos de entrega voluntária de vidro (PEVs de vidro) e demais resíduos nos 400 latões que serão instalados nas áreas das festas. O melhor seria levar as embalagens vazias de volta para casa, nos próprios coolers, e destinar para a coleta seletiva.

Na Beira Mar Norte e Continental, serão usados dois caminhões compactadores para coletar os resíduos. Especialmente na orla, não devem ser deixadas garrafas de vidro soltas na areia, para evitar acidentes com garis e veranistas.

Foto: PMF/Reprodução

Turismo

Turismo

Turismo

Turismo

Economia, Turismo

Turismo