23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Foragido suspeito de duplo estupro em Itajaí morre em confronto com a polícia

Homem resistiu a primeira tentativa de prisão e conseguiu fugir de delegacia, sendo encontrado 26 horas depois

O homem identificado como suspeito de estuprar duas jovens em uma trilha na Praia Brava em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina, foi morto pela Polícia Civil na noite dessa quinta-feira (21) após resistir à prisão.

O homem, identificado como Amarildo da Silva, de 41 anos, já havia sido detido na noite de quarta (20) em Tijucas, a caminho da rodoviária para fugir para Campinas, no estado de São Paulo. Entretanto, ao avistar a equipe da Divisão de Investigação Criminal de Itajaí, ele resistiu violentamente a prisão, mas foi preso pelos policiais.

Entretanto, ao finalizar os procedimentos para ser encaminhado à carceragem, o homem conseguiu fugir da delegacia de polícia. Forças de segurança como a Polícia Militar, Guarda Municipal de Itajaí, Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil foram acionadas para realizar as buscas no município do Litoral Norte.

 

Após 26 horas , o foragido foi abordado após invadir uma residência no bairro Fazenda. Assim como na primeira prisão, ele reagiu, dessa vez utilizando uma faca, quando foi alvejado por tiros e neutralizado por polícias da DIC de Itajaí como resposta à agressão.

No total, as diligências de captura do foragido duraram 44 horas. O investigado tinha contra si diversas condenações criminais que somavam mais de 24 anos de prisão pelos crimes de estupros, furtos e roubos.

O caso

O duplo estupro de duas jovens de 20 e 22 anos ocorreu na quinta-feira, 14 de março, no Canto do Morcego, famoso ponto turístico da Praia Brava em Itajaí. Segundo informações da Polícia Civil, as vítimas andavam pela trilha quando foram abordadas e seguidas pelo homem, que alegou estar armado.

Ele mandou que elas deitassem no chão, as amarrou, cometeu os abusos e ainda roubou os celulares das vítimas. A investigação da DPCAMI conseguiu identificar o criminoso, que foi procurado em casa pelos policiais, mas não foi encontrado. Segundo a polícia, ele teria evadido de sua residência há alguns dias.

Após mais de 14 horas de buscas nessa quarta, o foragido foi capturado em um hotel em Tijucas, na Grande Florianópolis, quando se dirigia até o terminal rodoviário. O homem tentou fugir da abordagem e resistiu violentamente à prisão. Os agentes verificaram ainda que o investigado informou um nome falso para registro na recepção ao se hospedar.

 

Foto: PCSC/Divulgação