15 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Nova atuação do Gaeco na Prefeitura de Lages. Desta vez, na Diretran.

O município ainda está sob a vergonhosa situação envolvendo o prefeito e secretários na Operação Mensageiro, que investiga crimes de organização criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, na coleta de lixo, e eis, que mais uma operação policial expõe Lages. Desta vez, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) iniciou na manhã desta terça-feira (26), a operação “Revisão de Ofício”, e cumpriu três mandados de busca e apreensão na Diretoria de Trânsito (Diretran). A investigação apura irregularidades em exclusões de multas de trânsito do sistema informatizado do Detran do município. O objetivo é desarticular condutas ilícitas que ocorreram no âmbito do órgão executivo municipal de trânsito do município. Por hora, não se sabe quem são os funcionários envolvidos. O município, através da assessoria, se limitou a divulgar uma nota afirmando que determinou a exoneração dos investigados, e a abertura de procedimento interno na Auditoria do Município, a fim de colaborar para que os acontecimentos sejam devidamente esclarecidos. Na verdade, um novo vexame. Muita gente tem dito nas ruas, que não vê a hora das eleições para poder varrer toda essa gente ligada à atual administração. A operação denominada Revisão de Ofício, faz alusão à operacionalização de condutas praticadas por servidores públicos ligados ao órgão de trânsito. (Foto: MPSC)