23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Política

Professores em greve realizam ato em frente ao Centro Administrativo do Governo

Fotos: Divulgação/Sinte

Oitavo dia de paralisação reuniu regionais do Sinte de todo o estado em Florianópolis

A greve dos professores da rede estadual de ensino chegou ao seu 8º dia nesta terça-feira (30). Na tarde de hoje, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte/SC) convocou um ato que reuniu regionais de todo o estado em frente ao Centro Administrativo do Governo do Estado.

De acordo com o Sinte, 120 ônibus vieram para Florianópolis nesta terça com professores de todo o estado. Segundo o Sindicato, a greve que começou no último dia 23 conta agora com adesão de 40% do quadro do magistério paralisado. Já segundo a Secretaria de Estado da Educação, este número representa 15% do quadro.

 

Os manifestantes levaram bandeiras, faixas e cartazes com suas reivindicações ao Governo. Ao longo desta tarde, líderes do Sinte e a Secretaria de Administração se reuniram, mas não houve acordo.

O Sindicato convocou uma nova assembleia para o próximo dia 8 de maio para deliberar os rumos da paralisação. A greve segue por tempo indeterminado enquanto o movimento e o Governo do Estado não chegam a um acordo.

O Secretário de Administração, Vânio Boing falou que o Governo aceita conversar e que a principal reivindicação, a descompactação da folha, ainda não é possível devido ao programa de recuperação fiscal, e espera que a greve termine e os professores retornem.

No último domingo (28), Jorginho Mello divulgou um vídeo onde divulga posições mais duras em relação à paralisação. O governador destacou que as negociações com o Sinte serão retomadas apenas quando os profissionais retornarem à sala de aula, e que os professores em greve terão os salários descontados.