14 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Política

Band Cidades Excelentes: conheça os ganhadores por categoria

Por Juliana Bartholomey | Foto: Flavio Jr/TVBVonline

A divulgação dos vencedores aconteceu nesta terça (18)

A cerimônia estadual da quarta edição da premiação Band Cidades Excelentes foi realizada nesta terça-feira (18) em Florianópolis. A iniciativa, uma parceria entre o Instituto Aquila, Grupo Bandeirantes e Grupo Barriga Verde, visa destacar as melhores políticas de gestão pública entre os municípios catarinenses.

O evento reuniu prefeitos e representantes dos municípios de Santa Catarina para a revelação dos vencedores em Florianópolis. O município de Herval d’Oeste foi premiado na categoria de municípios com menos de 30 mil habitantes, São Bento do Sul venceu entre os municípios com 30 mil a 100 mil habitantes, e Criciúma se destacou na categoria de municípios com mais de 100 mil habitantes.
O município de Criciúma recebeu o prêmio em duas categorias, uma delas foi em Sustentabilidade.

 

O secretário do geral, Thiago Pavan, comentou sobre como o município, que cresceu com a exploração do carvão, buscou a mudança ecológica “Criciúma vem sendo reconhecida hoje não mais como a capital do carvão, mas como a capital dos parques urbanos. Afinal de contas, agora os parques que temos na cidade, quatro grandes parques, são construídos em áreas que eram depósitos de rejeitos de carvão. Então, é uma iniciativa que demonstra que áreas degradadas podem sim ser recuperadas e transformadas em áreas de saúde e bem-estar” afirmou o secretário.

A avaliação foi realizada através de mais de 70 indicadores utilizados pela plataforma de Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), abrangendo o ciclo de 2021 a 2024. A ferramenta, baseada em inteligência artificial, coleta dados públicos e oficiais de diversas fontes, como DATASUS, MEC e portais de transparência.

> Exemplos de gestão pública em SC são premiados no Band Cidades Excelentes

A sócia fundadora do Instituto Aquila, Melissa Bortoncello, destacou que a avaliação também auxilia os eleitores na escolha de candidatos durante as eleições “Então como a gente está medindo a evolução, a ideia é que a gente consiga mostrar todo o trabalho percorrido aí nesse mandado, aí nesses quatro anos. E que sirva de inspiração” afirma.

Os municípios vencedores da etapa estadual são classificados para disputar o prêmio em nível nacional. Em 2023, sete municípios catarinenses foram vencedores em diversos pilares na etapa nacional, com destaque para Luzerna e Timbó, que receberam prêmios no IGMA Geral. Neste sentido, o Presidente do Grupo Barriga Verde, Saul Brandalise, explicou a importância do prêmio para o estado catarinense: “Eu diria que é mais que um prêmio, é um reconhecimento, é mostrar para o Brasil e para o mundo a competência de gestão dos nossos municípios” concluí.

Foto: Flávio Jr/ TVBVonline

Categorias e Vencedores de 2024

O prêmio é dividido em seis pilares: Governança, Eficiência Fiscal e Transparência; Educação; Saúde e Bem-Estar; Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Sustentabilidade; e Desenvolvimento Socioeconômico e ordem pública. Cada pilar avalia os municípios em diferentes categorias, dependendo do tamanho da população local. Conheça os primeiros colocados:

Governança, Eficiência Fiscal e Transparência

Indicadores como endividamento líquido, autonomia fiscal, capacidade de investir, transparência e adesão ao plano de contas são considerados. Entre os vencedores, destacam-se:
• Menor que 30 mil habitantes: Rio dos Cedros
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: São Bento do Sul
• Acima de 100 mil habitantes: Jaraguá do Sul

Educação

Neste pilar indicadores como alfabetização, expectativa de anos de estudo, taxa de abandono escolar e gasto por aluno são avaliados. Os vencedores são:
• Menor que 30 mil habitantes: Ireneópolis
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: São Bento do Sul
• Acima de 100 mil habitantes: Blumenau

Saúde e Bem-Estar

Já para a categoria de saúde e bem-estar, são levados em consideração a cobertura da atenção primária, expectativa de vida, leitos hospitalares, taxa de mortalidade infantil e gasto per capita em saúde. Os municípios com melhores desempenho foram:
• Menor que 30 mil habitantes: Nova Erechim
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: Indaial
• Acima de 100 mil habitantes: Chapecó

Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Nesta categoria, as condições habitacionais, o acesso a redes de esgoto e água, tratamento de esgoto, banda larga e coleta de lixo domiciliar são considerados. Os municípios que ficaram em primeiro lugar foram:
• Menor que 30 mil habitantes: Salto Veloso
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: Penha
• Acima de 100 mil habitantes: Balneário Camboriú

Sustentabilidade

Esta classificação considerou itens como arborização urbana, coleta seletiva, recuperação de materiais recicláveis, emissão de gases de efeito estufa e segurança hídrica são considerados. Os vencedores são:
• Menor que 30 mil habitantes: Faxinal dos Guedes
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: Pomerode
• Acima de 100 mil habitantes: Criciúma

Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública

Para as questões socioeconômica e ordem pública foram avaliados o PIB per capita, índice de Gini, taxa de homicídios, taxa de mortes no trânsito, e população ocupada. Levaram as primeiras colocações:
• Menor que 30 mil habitantes: Trombudo Central
• Entre 30 mil e 100 mil habitantes: Braço do Norte
• Acima de 100 mil habitantes: Itajaí