14 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Empresário de Chapecó é apontado como contrabandista de diversas cargas de agrotóxicos

Foto: PF/Arquivo

Produtos proibidos no Brasil eram comerciados em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Um empresário de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, é apontado pela Polícia Federal (PF) como responsável por contrabandear diversas cargas de agrotóxicos da Argentina. Ele foi alvo de dois mandados de busca e apreensão nesta quarta-feira (19), expedidos pela 3ª Vara Federal de Passo Fundo (RS).

A investigação teve início em novembro de 2022, quando um indivíduo foi preso em flagrante no município gaúcho de Barão do Cotegipe conduzindo um caminhão carregado com 195 galões de agrotóxico introduzidos no Brasil sem os devidos trâmites de importação, além de não possuírem autorização para comercialização no país.

 

A apreensão levou a PF a identificar o empresário, morador de Chapecó, como o real contrabandista do agrotóxico. O suspeito teria adquirido os produtos na Argentina e contratado motoristas brasileiros para transportar a carga da fronteira com o país vizinho até os compradores do produto, localizados em cidades do Rio Grande do Sul, mas também possuindo outros compradores no estado de Santa Catarina.

A Polícia Federal apontou que esse empresário teria sido responsável pela importação irregular e remessa de várias outras cargas de agrotóxico que foram apreendidas nos anos de 2022 e 2023.

> Siga nosso canal no WhatsApp e receba as notícias do TVBVonline em primeira mão

O objetivo da ação é colher provas em relação aos principais investigados, visando reprimir o comércio ilegal de agrotóxicos no Brasil.