26 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Florianópolis: linhas de ônibus passam por testes de trajetos e confundem passageiros

Prefeitura admite possibilidade de novas linhas serem incluídas

Inaugurado no dia 21 de abril, o chamado “binário” dos bairros Pantanal e Carvoeira ainda está em fase de adaptação e divide opiniões de quem passa pelas ruas do novo sistema da região central da capital catarinense. Na pauta da discussão entram argumentos sobre a fluidez do trânsito, o tempo e a logística do trajeto, a segurança para os pedestres, o movimento do comércio local e as novas linhas de ônibus.

Dias antes da inauguração, a Prefeitura de Florianópolis divulgou infográficos de como funcionariam os trajetos dos ônibus e chegou até a disponibilizar gratuidade no transporte durante os primeiros dias das novidades, para que os passageiros se acostumassem às linhas.

Contudo, desde o dia 21, os trajetos não têm sido cumpridos conforme o que havia sido previamente divulgado. Testes estão sendo feitos pela prefeitura para encontrar as melhores rotas do transporte público, o que tem causado confusão com os usuários dos ônibus.

 

Por exemplo, a linha 180, chamada inicialmente de “TITRI – Pantanal via Carvoeira” chegou a circular recentemente com o nome “TITRI – UFSC” e agora retomou o nome original. Em dois dias consecutivos, a linha passou em rotas diferentes para acessar a Rua Capitão Romualdo de Barros: ora pela Rua Desembargador Vítor Lima, ora pela Avenida César Seara, contornando o Pantanal. Atualmente está sendo praticada a última versão, que diverge do trajeto original divulgado pela Secretaria de Transportes e Infraestrutura.

Outra exemplo é da linha “Volta ao Morro Sul via TITRI”, que incialmente passava pela Rua Delfino Conti e agora tem passado pela Avenida César Seara, para acessar a Rua Lauro Linhares, na Trindade.

Desde a última quinta-feira (4), livretos informativos estão sendo distribuídos nas linhas de ônibus que passam pela região, com o nome “Binário Pantanal Carvoeira — Estudo dos tempos de viagem do Transporte Coletivo”. No livreto, são indicadas as melhoras no tempo das linhas de ônibus, a partir da comparação das rotas por GPS entre os pontos de saída e chegada desde a implantação do binário. Em um dos trajetos, chegou a ser verificada redução em mais da metade do tempo anterior.

Porém, a prefeitura ainda não confirma quais trajetos serão os definitivos e declara ainda que alguns locais haviam ficado em segundo plano nas primeiras alterações do binário. De acordo com a administração, as alterações visam atender tais lugares “que inicialmente não haviam sido contemplados”.

“Antes do binário funcionar, não tínhamos como prever os tempos de viagem, portanto foi priorizado o atendimento do Pantanal/Carvoeira ao Centro/TITRI/UFSC, ficando em segundo plano outros atendimentos, como Cesar Seara, Vitor Lima, H.U., Saco dos Limões e José Mendes. Inicialmente, eles não ficaram sem atendimento, mas tinha que pegar 2 ônibus. Após as alterações/adições feitas semana passada e esta semana, é possível com apenas 1 ônibus fazer o deslocamento entre os locais mencionados”, afirma a prefeitura.

Fotos: TVBV e PMF/Divulgação

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano