25 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Polícia Civil deflagra segunda fase da operação “Terra Nostra”

Um dos focos da ação é o uso indevido de recursos públicos na compra de imóveis

A Polícia Civil realizou no Sul do Estado, nesta terça-feira (16), a segunda fase da operação “Terra Nostra”. Através da 2ª Delegacia de Combate à Corrupção da DEIC, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, nove de busca e apreensão, sequestro de valores e afastamento de servidores públicos. Entre os presos estão o prefeito de Urussanga, Gustavo Cancelier (PP), os vereadores Thiago Mutini (PP) e Beto Cabeludo (Republicanos), além de um ex-servidor comissionado que pediu exoneração na última sexta-feira (12). Os valores sequestrados e os nomes dos servidores não foram divulgados.

A investigação apura crimes de organização criminosa, falsidade ideológica, e o uso indevido de recursos públicos. Os investigadores levantaram provas que dois imóveis foram adquiridos com valores superfaturados. Nossa equipe entrou em contato com a Prefeitura de Urussanga, mas até o momento a administração do município não se posicionou.

 

 

Na fase inicial da Operação foram cumpridos 11 mandados de busca o sequestro de valores de cerca de R$ 2,3 milhões para reparar o prejuízo a administração pública. As penas dos delitos investigados, se somadas, podem chegar a 33 anos de reclusão.

Foco na corrupção

Essa é a 12ª operação contra corrupção apenas este ano realizada pela Polícia Civil. Se somadas com as atividades do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em menos de dois anos empresários foram detidos, servidores públicos afastados, 21 prefeitos, um vice e três vereadores presos.

Prefeitos presos em Santa Catarina

  • Adilson Lisczkovski, ex-prefeito de Major Vieira – Perdeu o mandato
  • Adelmo Alberti, ex-prefeito de Bela Vista do Toldo – Renunciou
  • Alfredo Cezar Dreher, ex-prefeito de Bela Vista do Toldo – Mandato extinto
  • Antônio Rodrigues, ex-prefeito de Balneário Barra do Sul – Perdeu o mandato
  • Antônio Ceron, prefeito de Lages
  • Adriano Poffo, prefeito de Ibirama – Afastado do cargo
  • Ari Alves Wolinger, ex-prefeito de Ponte Alta do Norte – Renunciou
  • Armindo Sesar Tassi, ex-prefeito de Massaranduba – Renunciou
  • Beto Passos, ex-prefeito de Canoinhas – Renunciou
  • Deyvisonn da Silva de Souza, ex-prefeito de Pescaria Brava – Renunciou
  • Douglas Elias da Costa, ex-prefeito de Barra Velha – Mandato suspenso
  • Felipe Voigt, ex-prefeito de Schroeder – Renunciou
  • Gustavo Cancellier, prefeito de Urussanga
  • Joares Ponticelli, ex-prefeito de Tubarão – Renunciou
  • Luis Antônio Chiodini, ex-prefeito de Guaramirim – Renunciou
  • Luiz Carlos Tamanini, ex-prefeito de Corupá – Renunciou
  • Luiz Henrique Saliba, ex-prefeito de Papanduva – Renunciou
  • Luiz Shimoguiri, ex-prefeito de Três Barras – Renunciou
  • Marlon Neuber, ex-prefeito de Itapoá – Renunciou
  • Patrick Corrêa, prefeito de Imaruí
  • Vicente Correa Costa, ex-prefeito de Capivari de Baixo – Renunciou

Imagens: PCSC