23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Squadrone: Traficantes são alvo de grande operação

Ação conjunta envolve polícias civis de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Ministério da Justiça

A operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (10) e tem o objetivo de desarticular um esquema de tráfico de drogas, armas e munições. Participam dos trabalhos 190 policiais civis do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e agentes do Ministério da Justiça. Foram cumpridos 31 mandados de prisão, 43 de busca e apreensão, 26 bloqueios de contas bancárias e 4 ordens de restrições de veículos em 21 municípios de vários estados. Ainda estão sendo executadas 104 medidas cautelares de prisões temporárias. Entre os alvos da operação está um traficante português, que atualmente cumpre pena em Portugal.

Segundo o Delegado Liedtke, da Denarc do Rio Grande do Sul, as investigações iniciaram há mais de quinze meses, quando um casal foi flagrado vendendo tijolos de crack na capital gaúcha. Os levantamentos mostraram existência de uma e “aliança” entre as duas principais quadrilhas de narcotráfico do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

De acordo com as investigações, em 15 dias os criminosos movimentaram mais de R$ 5 milhões de reais com a venda de cocaína e crack. O dinheiro recebido em espécie era legalizado em empresas de fachada nos estados do Paraná e São Paulo e também para uma casa de câmbio em Santa Catarina.

Dinheiro apreendido na operação. Imagem: Denarc/RS

Os policiais levantaram que um dos principais alvos da operação era um traficante português naturalizado brasileiro. Ele vendia as drogas em um perfil nas redes sociais e com os lucros sustentava verdadeira vida de luxo. Alguns membros da quadrilha já estavam presos e utilizavam os lucros do tráfico para ter regalias no sistema penitenciário.