25 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Clima / Tempo

Alto risco de deslizamentos na Grande Florianópolis deixa Defesa Civil em alerta

Foto: Defesa Civil/Reprodução

Solo encharcado e chuva persistente nesta segunda preocupam órgão, que pede atenção da população

A Defesa Civil de Santa Catarina está em alerta para o alto risco de deslizamentos em todo o litoral do estado, em especial na Grande Florianópolis. Segundo o Secretário de Proteção e Defesa Civil, Fabiano de Souza, ainda há previsão de chuva para ao longo desta segunda-feira (15).

“Toda chuva, por conta do volume, solo extremamente encharcado, tem o potencial muito significativo para causar deslizamentos e, portanto, risco à vida das pessoas”, afirmou o secretário em uma coletiva de imprensa realizada na sede da DC estadual na manhã desta segunda (15).

 

A Grande Florianópolis é a área que tem o risco mais acentuado, mas a atenção deve ser redobrada em todo o litoral. “Proteger os pertences não é mais importante do que proteger à própria vida. Se proteja antes de mais nada”, acrescentou Souza.

A orientação do órgão é para que a população siga os alertas das Defesa Civil municipais e fiquem atentos para sinais de deslizamento próximos às residências, como árvores, muros e postes inclinados. Em caso de dúvidas, o recomendado é deixar o local e procurar a DC para avaliar os riscos.

> Defesa Civil e PRF distribuirão alimentos no Morro dos Cavalos após deslizamento

Municípios em todo o litoral catarinense sofreram com deslizamentos e os altos volumes de chuva que atingem a região de forma quase ininterrupta desde a quinta-feira (11). Algumas cidades registraram mais de 400 mm de chuva neste período, superando o esperado para todo o mês de abril, com destaque para Garopaba e Praia Grande, no Litoral Sul do estado.

Entretanto, até o momento, a região mais impactada é a Grande Florianópolis. A Prefeitura de Paulo Lopes decretou Situação de Emergência nesta segunda-feira e abriu dois abrigos. Outros municípios também devem emitir decretos ao longo do dia. Segundo a Defesa Civil, 82 pessoas estão desalojadas.

> Vídeo: Crateras na pista complicam situação da BR-101 no Morro dos Cavalos

Previsão para os próximos dias

Segundo a Defesa Civil, o tempo deve começar a firmar no litoral a partir desta terça-feira (16), quando a circulação marítima passa a perder força e a chuva diminui. Entretanto, a precipitação deve persistir até pelo menos a quarta (17).

Já no Oeste, pancadas de chuva em grande volume trazem preocupações no próximo período. A formação e passagem de uma frente fria provoca chuvas e temporais em toda Santa Catarina, com início no Grande Oeste, onde deve chover já pela madrugada.

São esperados temporais com raios, eventual queda de granizo e rajadas de vento, que podem provocar destelhamentos, queda de galhos e árvores e danos na rede elétrica. A chuva intensa pode provocar alagamentos e enxurradas pontuais, com risco alto especialmente para todo o Oeste, toda a faixa Norte e áreas do Litoral Sul e Planalto Sul.

No Extremo Oeste e Oeste, são esperado acumulados entre 50 e 70 mm, com pontuais que podem superar estes valores. Nas áreas mais prejudicadas pelas chuvas dos últimos dias, são esperados volumes menores, entre 20 e 40 mm, mas com pontuais que podem superar os 60 mm e ocorrer de forma intensa num curto período de tempo.

A passagem da frente fria também traz ventos de moderada a forte intensidade para o estado, com rajadas que devem variar entre 50 e 60 km/h.

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo, Serviços