23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Com aumento de 5000% nos casos, Araquari decreta epidemia de dengue

Município faz alerta para atenção com acúmulo de água parada e risco de superlotação do sistema de saúde

A Prefeitura de Araquari, no Norte de Santa Catarina, decretou epidemia de dengue na última segunda-feira (29), após registrar um aumento de 5.266,66% no número de casos da doença. Em janeiro de 2023, o município tinha 3 casos positivos, em comparação a 136 no mesmo período em 2024.

O parâmetro para considerar uma epidemia é de 300 casos para cada 100 mil habitantes. O município, com população de 43,2 mil, alcançou em janeiro deste ano a mesma marca de casos de dengue registrada somente em abril de 2023.

A confirmação do aumento estrondoso no número de casos veio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), da Secretaria de Estado de Saúde. Semanalmente, a Vigilância Epidemiológica do município de Araquari coloca as informações no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), e esses dados são contabilizados no relatório estadual.

 

O bairro Itinga é o que concentra o maior número, com 136 casos. No ano passado, Araquari registrou dois óbitos por causa da dengue.

Alerta para o Sistema Público de Saúde

O aumento de casos de dengue pode causar um afogamento do Sistema Único de Saúde na procura por atendimentos, principalmente no PA 24h não só de Araquari, mas também de cidades vizinhas como Joinville, referência no socorro.

A porta de entrada para fazer os testes de suspeita de dengue é o Pronto Atendimento e as Unidades Básicas de Saúde. O exame é analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) do Estado.

Vacina contra a dengue

Araquari deve receber em breve doses de vacinas contra a dengue fornecidas pelo Ministério da Saúde, que serão destinadas a regiões de saúde com municípios de grande porte com alta transmissão nos últimos dez anos e população residente igual ou maior a 100 mil habitantes, levando também em conta altas taxas nos últimos meses.

Araquari está entre as 13 cidades inseridas na regional de saúde do Nordeste, que inclui também Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Corupá, Garuva, Guaramirim, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Massaranduba, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú e Schroeder.

Mutirão de limpeza

O Comitê de Operações Emergenciais de Araquari se reuniu para definir ações de combate à dengue. Uma delas é um mutirão de limpeza e conscientização que acontece nesta quarta-feira (31), no loteamento São Benedito, no bairro Itinga.

Além de limpeza de terrenos baldios e roçadas, também será feita a orientação para a comunidade e visitas domiciliares. A comunidade pode ajudar abrindo as residências para as equipes responsáveis pela inspeção. Os profissionais vão estar devidamente identificados com coletes e carros oficiais.

A ação reúne ainda diversas secretarias como Saúde, Obras, Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Assistência Social e Subprefeitura do bairro Itinga.

Denúncias

A principal forma de combater a proliferação do mosquito da dengue é não deixando água parada. Além de limpar o quintal, o morador de Araquari pode denunciar acúmulo de lixo pelos telefones 156 ou pelo WhatsApp (47) 98462-5677.

 

Foto: PMA/Divulgação