15 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Bombeiros

Sobe para 13 o número de mortes e 21 desaparecidos no RS

O governador Eduardo Leite (PSDB) declarou que o evento será o maior desastre que o estado já enfrentou

Segundo a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, o número de mortes provocadas pela chuva no estado subiu para 13. O boletim divulgado manhã desta quinta-feira (2) aponta que pelo menos 21 pessoas estão desaparecidas. O maior número de mortes, 03 óbitos, foi registrada em Santa Maria Paverama e Salvador do Sul contabilizam dois óbitos cada.

As aulas nas escolas estaduais foram suspensas. De acordo com o último boletim da Defesa Civil, 321 unidades escolares foram afetadas em 138 municípios. Outras 102 escolas foram danificadas em 54 municípios.

No total 134 municípios foram afetados, 3.079 pessoas estão desabrigadas e outras 5.257 desalojadas. Em todo território gaúcho 44.640 pessoas foram afetadas. O sistema viário no estado também foi prejudicado, 66 estradas estão totalmente bloqueadas e 11 de forma parcial. O governador Eduardo Leite (PSDB) declarou estado de calamidade pública e afirmou que o evento será o maior desastre que o estado já enfrentou.

 

Risco de inundação em Porto Alegre

Com o aumento do nível do Rio Guaíba, ultrapassando a cota de alerta, existe o risco de inundação em Porto Alegre. Na manhã desta quinta-feira o nível registrado no Cais Mauá era de 2,63 metros. Nesta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros orientou que os moradores das margens dos rios Taquari, Sinos Gravataí, Caí, Jacuí e Ibicuí deixem as residências. O alerta também foi enviado para comunidades localizadas em encostas de morros ou em áreas inclinadas.

Bombeiros catarinenses no RS

As equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) enviadas para o Rio Grande do Sul continuam atuando no resgate de pessoas que estão em áreas alagadas e também em uma ocorrência de deslizamentos com vítimas em São Vendelino. Segundo os militares, o trabalho está sendo dificultado pelas chuvas que persistem, pela interdição de diversas rodovias e pela forte correnteza registrada em alguns pontos.

Bombeiros catarinenses atuando em Santa Cruz do Sul. Imagens CBMSC