3 de março de 2024
TV Barriga Verde
Rodrigo C. Medeiros

Economias exageradas podem colocar tudo a perder

Muitas pessoas acreditam que para ter uma vida financeira próspera, como alcançar a sonhada liberdade financeira, é necessário fazer enormes sacrifícios no presente. Tem até quem defenda cortar o cafezinho diário, pois isso geraria uma economia de alguns milhares de reais.

Economizar e investir é um processo longo e qualquer radicalismo que se tente fazer poderá colocar tudo a perder.

É comum observarmos algumas pessoas que decidem fazer uma mudança em sua vida financeira e passam a ter hábitos de economia bem exagerados, como cortar o cafezinho que tanto gosta, ou passar a comprar um papel higiênico de baixa qualidade. Fazer exageros pode levar você a não conseguir sustentar este processo pelo tempo necessário para ver o resultado e colocar todo o projeto de construção financeira a perder.

Costumamos usar como exemplo a maratona. Se você for correr uma maratona e decidir exagerar nos primeiros quilômetros, muito provavelmente não chegará ao final. Para correr uma maratona você precisa de um bom planejamento da velocidade constante necessária para conseguir alcançar o objetivo, a linha de chegada.

No universo das finanças é igual.

Você precisará sim fazer economias, mas busque focar nas coisas grandes, que drenam muito dinheiro e você nem se dá conta. E uma das coisas que mais drenam o dinheiro do brasileiro é comprar um carro incompatível com a sua renda.

Outra coisa que drena muito dinheiro e sem lhe proporcionar nada é pagar juros. Evite pagar juros, com exceção do financiamento imobiliário. Se não tem recursos para comprar à vista e não é urgente, espere. Toda vez que você compra algo financiado e que não era urgente, você está perdendo duas vezes. Você perde, pois vai pagar os juros, e perde, pois poderia ter ganhado os juros no período que poupava para fazer aquela compra não urgente.

Não saia cortando as pequenas coisas e prazeres do seu dia a dia, mas que parecem fúteis. Ela pode ser fútil para alguém, mas para você não. Essa economia dificilmente vai te deixar rico, mas vai deixar a sua vida sem cor e fazer com que o processo de economizar e investir não seja sustentável.

Claro, caso seja fútil para você, bem, neste caso nem pense duas vezes em cortar.

Assim, tenha duas coisas em mente. A primeira é que pequenas economias de confortos e coisas que te dão prazer podem não mudar a sua vida financeira e pode deixar o processo de poupar um sacrifício difícil de suportar no longo prazo.

A segunda, trace pequenos objetivos de economia. Caso você não tenha o hábito de economizar, comece economizando apenas 5% do que você ganha. Não saia exagerando, tentando economizar 30%. Lembre-se da maratona, queremos chegar ao final. Com o tempo vá fazendo um pente fino nas suas grandes despesas e buscando melhorar a forma que faz esses gastos.

Foto: Freepik/Reprodução

Rodrigo C. Medeiros

Rodrigo C. Medeiros

Rodrigo C. Medeiros

Rodrigo C. Medeiros

Rodrigo C. Medeiros

Rodrigo C. Medeiros