24 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Santa Catarina ultrapassa 13 mil casos prováveis de dengue e tem 8 óbitos

Casos mais que dobraram nas duas últimas semanas

Santa Catarina já contabiliza 13.002 casos prováveis em 175 município. Os dados foram atualizados nesta quinta-feira (15) no informe quinzenal da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O documento revela que a curva de casos prováveis da doença segue em alta no estado.

No último informe divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica – DIVE da SES, com dados atualizados até 29 de janeiro, eram 5,9 mil casos de dengue prováveis. Significa que o estado registrou uma alta de 120% dos casos nas duas últimas semanas. Os números representam também um aumento de 654,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

São 155 os municípios catarinenses considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti. No total, foram identificados 11.471 fotos do mosquito em 207 municípios. Além disso, já foram confirmados oito óbitos pela doença: um em São Francisco do Sul, Araquari, Itajaí e cinco em Joinville.

 

“Estamos trabalhando desde o ano passado em ações de prevenção juntamente com os municípios. Os casos aumentaram em todo o país e nós estamos em alerta. O governo repassou no ano passado R$ 15 milhões aos municípios e nos próximos dias iremos enviar mais R$ 5 milhões para as ações de combate municipais. Além disso, estamos investindo em campanhas publicitárias, mas precisamos que cada cidadão faça a sua parte e elimine os locais com água parada em suas casas e no seu trabalho”, destaca a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

“Ao apresentar febre, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele é importante procurar por um serviço de saúde para receber informações para tratamento”, salienta João Augusto Brancher Fuck, diretor de vigilância epidemiológica de SC.