23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Ocorrência

Veja quantos donativos já foram distribuídos no Rio Grande do Sul

Apesar dos desafios de logística 190 mil litros de água potável já foram entregues

A movimentação Central de Logística de Doações da Defesa Civil Estadual, em Porto alegre, está intensa nesta quinta-feira (09). Centenas de toneladas de donativos já chegaram ao Rio Grande do Sul e continuam chegando. A ação é um grande desafio de logística em função da situação que o estado enfrenta com grandes áreas alagadas e 47 rodovias com bloqueios totais ou parciais.

De acordo com a tenente Sabrina Ribas, da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, até a manhã desta quinta-feira (09), mais de 190 mil litros de água já foram distribuídos para os municípios. Da mesma forma, 17 toneladas de alimentos, 14 mil cestas básicas. 1700 colchões e mais de 400 mil kits diversos, como de higiene e limpeza.

>ANTT edita portaria que garante flexibilização no transporte de doações ao RS
Voluntários atuando na separação e envio de doações para os municipios. Imagem: Defesa Civil RS.

 

 

Até o momento 22 municípios já receberam ajuda. “Devido à dificuldade de estrutura nos municípios atingidos precisamos fazer com que os alimentos de consumo rápido cheguem o mais rápido para as pessoas”, comentou Sabrina. Segundo ela, Existe ainda a necessidade de alimentos não perecíveis, fraldas geriátricas e ração animal.

>Sobe para 107 o número de mortos pela tragédia no RS

Novo Call Center

Um Call Center está sendo montado para interagir com as equipes de distribuição e assim entregar mais rápido a ajuda para as pessoas. “Encaminhamos todos os produtos para os municípios que fazem a entrega através das estruturas municipais para as pessoas atingidas”, disse a representante da Defesa Civil, tenente Sabrina Ribas.

Um grande estrutura foi montada para receber as doações que chegam de todos os cantos do Brasil. “A Defesa Civil Estadual está contando agora com o reforço de empresas de logística e administração para agilizar a entrega de doações”, explicou a tenente.

Caminhão sendo carregado com doações para um dos municípios. Imagem: Defesa Civil RS.

Situação de calamidade

O Senado Federal aprovou na última terça-feira (7) o projeto que reconhece o estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul até 31 de dezembro de 2024, em função das fortes chuvas que atingem o estado.

A medida possibilita que a União possa se amparar em exceções previstas na lei de responsabilidade fiscal para destinar, de forma mais rápida, recursos ou abrir mão de receita para garantir o socorro necessário.